Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

Release

Henrique de Falla nasceu músico em 17 de julho de 1974, em Ipatinga, MG, foi vizinho do professor de música Valter Lotto com quem aos 5 anos de idade, começou a estudar violão, desenvolvendo técnicas e conceitos básicos no instrumento. Aos nove anos de idade iniciou seus estudos de guitarra, ainda com o músico Valter Lotto. Dois anos depois iniciou uma sequência de estudos e dedicação com diversos professores: Célia Mattoso (piano e teoria), com o músico e compositor Paulo Costa (violão), Orlando M M Mancini (harmonia), Marcelo D'Castro do grupo Necromancia (guitarra), violonista e alaudista Rosimary Parra (violão erudito), maestro Antônio Carlos Neves Pinto (rítmica e harmonia), Isamara Carvalho (rítmica), Sandra Mendes Sampaio (estruturação), Otávio Marques (canto), Anna Paola (canto), compositor e guitarrista do Terra Brasil Marcelo Gomes (guitarra e harmonia funcional), violonista do grupo quaternaglia Fábio Ramazzina (harmonia tradicional), guitarrista Jorge Ervolini…

Desvendando as metáforas de Ventania ao luar

A vida veio, de onde ela veio? Pra onde ela vai nos levar? Movimenta e interfere em tudo e em todos. Vidas que destroem e vidas que constroem. Vidas, que carregam segredos milenares passados de geração em geração. Brincam e dançam na chuva, se entorpecem numa correria frenética na busca pelo ouro nos dias atuais e de outrora. Trazem as boas novas, mas também geram guerras sem sentido! Há vidas que criam vidas!E vidas que criam linguagens que alimentam a alma, a música, as artes. Vidas de pessoas puras, anjos que nos aquecem, protegem e nos guiam. Há vidas que matam, que destróem a natureza, que com ódio e rancor nos ferem, nos machucam, e vidas que nos elevam e elevevam a tudo. Vidas que desenvolvem tecnologias. Vidas que nos convidam para conhecermos o que realmente importa! Vidas ultrapassam limites! Evoluem! Desbravam!Nos alegram e nos felicitam! Vida que o tempo consome e que consome o tempo. Constroem e sempre construirão histórias!


"E formou o Senhor Deus o homem do pó da t…

Fábulas e reflexões I

Fábulas e reflexões I

O sol e o vento (autor desconhecido)

O vento e o sol começaram a discutir quem era mais forte. O vento disse: "vou provar que sou o mais forte. Vê aquele velhinho lá em baixo? Aposto que consigo tirar o casaco dele mais depressa que você". Assim o sol se escondeu detrás de uma nuvem e deixou o vento soprar até quase se transformar em um furacão. Porém quanto mais forte soprava, tanto mais o velhinho se embrulhava no casaco.

Finalmente o vento se acalmou e desistiu. Quando o sol ressurgiu, apenas sorriu levemente para o velhinho, e este secando o suor da testa com a mão, tirou o casaco.
O astro-rei disse então ao vento:

" A bondade e a amabilidade são sempre mais fortes que a fúria e a violência. "


Lançamento CD "Eclético"

Lançamento de meu sexto CD "Eclético" (quarto solo) programado para o dia 22 de novembro já se encontra em pré-venda no mercadolivre em mídia física: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-521334660-cd-ecletico-pre-venda-envio-2211-frete-gratis-_JM, com desconto, faixa bônus, e seis faixas gratuitas instantâneamente na versão digital. A versão digital também está em pré-venda exclusivamente na onerpm:https://onerpm.com/#/disco/album&album_number=851341504, com lançamento antecipado para o dia 12 de novembro e preço off de quase 50% na pré-compra!




Eu posso sempre estar errado!

O sol e os astros giravam em torno da Terra, agora é a terra que gira em torno do sol.
     Colombo descobriu a América em 1492, agora sabemos que os chineses já estiveram por aqui em 1421.
      Aprendi que a Amazônia era o pulmão do mundo, agora sei que as algas dos oceanos do planeta liberam sozinhas 13,5 Bilhões de toneladas de O2 anualmente e absorvem a cada ano 2,2 Bilhões de toneladas de CO2 da atmosfera. Por tanto, o título de pulmão do mundo deveria ser dado para as algas dos oceanos.
       Aprendi que Pedro Álvares Cabral descobriu o Brasil, agora sei que na verdade ele veio para tomar posse!
        O átomo era uma partícula indivisível, depois passou a ter nêutrons, prótons e elétrons, agora já se sabe que existem os glúons (que unem os quarks que formam os prótons), 6 tipos de léptons diferentes (entre eles o elétron), e os nêutrons formados por 3 unidades de quarks ( assim como os prótons).
       Aprendi que a água era insípida e inodoro, mas hoje sei que existe m…

Riqueza Mundial

Total da riqueza mundial: R$ 542.000.000.000.000,00

0,014% (1 milhão de pessoas) detêm mais de R$ 111.000.000.000.000,00 (20,5% da riqueza)
Em média R$ 111.037.500,00 por pessoa

0,686% (49 milhões de pessoas) detêm mais de R$ 111.000.000.000.000,00  (20,5% da riqueza)
Em média R$ 2.000.000,00 por pessoa

49,3% (3,54 bilhões de pessoas) detêm pouco mais de R$ 314.000.000.000.000,00 (58% da riqueza)
Em média R$ 88.700,00 por pessoa

50% (3,6 bilhões de pessoas) detêm R$ 5.422.500.000.000,00 (1% da riqueza)
Em média R$ 1.507,50 por pessoa

Cálculos baseados na cotação do dólar de 01/11/2013, do estudo feito pelo Crédit Suisse e outro feito pela Universidade Federal de Campina Grande.